• Gestão de Pessoas Eneagrama

Você sabe quando precisa mudar de atitude?

Já percebeu que às vezes as coisas começam a dar errado para você? Não consegue achar um emprego? Não consegue se relacionar com as pessoas da sua casa? Não consegue prosseguir com algum projeto que idealizou ou simplesmente você tem a impressão de que a sua vida não está caminhando em uma direção positiva?

Calma isso acontece com a maioria das pessoas. As vezes quando isso tudo começa a dar errado a opção seja mudar a percepção das coisas, mudar a sua atitude perante o problema.

As pessoas costumam reagir aos problemas e eventos de acordo com a própria percepção, só que muitas vezes nossa percepção não é a correta. Ela é constantemente influenciada por nossos vícios emocionais. Mas você deve estar se perguntando: Como eu começo a mudar minha atitude? Como mudar a percepção das coisas?

Vou escrever aqui dicas simples e práticas que eu utilizo e que você pode começar agora a aplicar na sua vida.

1 – Acalme sua mente

Em primeiro lugar é preciso desenvolver uma consciência clara de tudo que está acontecendo. Para isso tranquilize a sua mente e tente encontrar um distanciamento temporário dos acontecimentos. Pare e respire um pouco, o foco na sua respiração abre espaço para uma mudança do seu estado interno, permitindo que temporariamente se afaste do turbilhão de sentimentos e pensamentos negativos. Portanto, permita-se a fazer uma pausa dessas preocupações e apenas respire.

É perfeitamente saudável fazer uma pausa e deixar o mundo girar sem a sua preocupação por um tempo. Se não o fizer, você vai esgotar-se. Encontre breves momentos na sua vida para recuperar-se e encontrar a tranquilidade necessária para posteriormente pensar com mais clareza.

2 – Mude o foco

Tome consciência dos seus pensamentos e emoções e redirecione conscientemente o seu foco para onde deseja. Concentre-se no próximo passo lógico e significativo que pode ajudar a melhorar a situação e consequentemente a sentir-se melhor.

Mantenha a positividade! Por mais difícil que a situação seja, não deixe que a dor se transforme em desespero, e o desespero em sofrimento emocional.

Mude os seus pensamentos para mudar a sua realidade. Os nossos pensamentos são os fabricantes dos nossos estados de humor.

3 – Menos drama e mais aceitação

Não dramatize tanto as suas preocupações, comece a aceitar de verdade as coisas como elas são. A necessidade para que algo seja diferente do momento que estamos a experimentar pode transformar-se numa preocupação, e preocupar-se pode conduzi-lo a um ciclo de emoções negativas.

4 – Seja grato

Ainda que você possa querer alcançar mais objetivos, sonhos e desafios na sua vida, isso não não invalida o que já tem ou que já conquistou. Se não tem o que você deseja, certamente tem o suficiente que lhe assegura muitas coisas boas na vida e que passam despercebidas. Seja grato por aquilo que tem, e também grato por tudo aquilo que você não tem mas deseja alcançar.

Pense assim, se você ainda não alcançou o que pretende, significa que ainda há muitas possibilidades disponíveis de poder vir a realizar-se.

5 – Transforme suas dores em crescimento

Lembre-se que a felicidade, paixão ou o sucesso na grande maioria das vezes não existem sem esforço. Se o caminho tem sido um pouco tortuoso, não se desespere, algo irá florescer. Muitas das nossas dores ajudam-nos a crescer, mesmo que isso seja difícil de entender e aceitar no momento. As circunstâncias irão direcioná-lo, corrigi-lo e aperfeiçoá-lo ao longo do tempo.

Às vezes, essas circunstâncias nos derrubam e isso é difícil. Haverá momentos em que parece que tudo o que poderia dar errado está acontecendo. E você pode sentir que isso sempre irá acontecer desse jeito, mas não vai. Quando sentir vontade de desistir, lembre-se o que de positivo pode retirar e vir a servir-lhe no futuro.

Às vezes você tem que passar pelo pior, para chegar ao seu melhor. Porque as nossas oportunidades mais significativas são frequentemente encontradas em tempos de grande dificuldade.

6 – Inicie e finalize ciclos

Tudo na vida tem que chegar a um fim em algum momento. É importante reconhecer e aceitar o fim de algo e saber afastar-se de forma sensata quando algo atingiu o seu término. Por exemplo, fechando a porta, virando a página, seguindo em frente. Não importa como você apelida essa decisão, o que importa é deixar o passado onde ele pertence para que possa iniciar um novo ciclo na vida.

Comece a mudar as suas atitudes e encarar a vida com um pouco mais de positividade, assim as coisas vão começar a dar certo e a vida ficará um pouco mais leve.

Até mais!

Márcio.

2018-02-21T14:15:27+00:00Dicas de Gestão de Pessoas|